Economia

Gasóleo em Viseu quase a esgotar

Gasóleo em Viseu quase a esgotar

Abastecer o veículo com gasóleo na cidade de Viseu é tarefa quase impossível e os poucos postos que ainda fornecem gasóleo estão com tempos de espera de pelo menos uma hora.

O posto de abastecimento da Galp na Avenida Calouste Gulbenkian, no centro da cidade, tem filas até ao hotel Grão Vasco. É um dos poucos onde até às 13.30 horasw ainda era possível abastecer. Jessica Oliveira esteve hora e meia para conseguir atestar o carro com gasóleo.

"Desde Torredeita [freguesia rural, a cerca de 15 km] até Viseu corri tudo. Este foi o único posto onde encontrei com gasóleo", explicou ao JN. "Vim atestar o carro da minha sogra, mas primeiro foi o do meu namorado e agora tenho de cá voltar com o meu", contou.

No mesmo posto de abastecimento, na Avenida Calouste Gulbenkian, o funcionário Sérgio Silva , trabalha desde as 7 horas da manhã, e tem assistido a um movimento que considera anormal. " A maior parte das pessoas quando consegue abastecer já esperou uma hora", diz. Ali só já tem 3 mil litros de gasolina 95 simples e o gasóleo já não vai durar muito tempo. "Só temos 600 litros de gasóleo", assegurou ao JN.

Orlando Parrado ainda desespera na fila. "Estou aqui há uma hora.Foi a primeira bomba onde vim e tive sorte, ainda em gasóleo", diz. À sua frente ainda tem dois carros que vão abastecer.

Junto à rotunda Carlos Lopes, nas bombas da Galp, nem gasóleo , nem gasolina. Bruno Martins diz que tem estado a ouvir muitas reclamações por parte dos clientes. "Já não temos gasóleo desde ontem de manhã e a gasolina acabou esta manha", afirmou. "Só temos cerca de 1200 litros gasóleo , mas estão reservados para as viaturas de emergência", assegurou ainda antes das 13h00.

Nas bombas da Repsol, na estrada que liga Viseu a Mangualde, ainda é possível abastecer com gasóleo , mas com tempos de espera de uma hora.

Nas restantes bombas da cidade até ao final da manha só era possível abastecer com gasolina.