Combustíveis

Gasolina vai subir pela sexta semana consecutiva

Gasolina vai subir pela sexta semana consecutiva

Aumento será de 1,5 cêntimos por litro. Gasóleo desce meio cêntimo, já a partir de segunda-feira. Consumo do diesel aumentou 1% em 2018.

A gasolina vai aumentar pela sexta semana consecutiva. A confirmar-se o agravamento de preço de 1,5 cêntimos por litro, estamos perante uma subida acumulada de 6,1 cêntimos em mês e meio.

Se recuarmos a 4 de fevereiro, encher um depósito de 50 litros de gasolina custava 70,6 euros. O preço estava em 1,412 euros por litro. A partir da próxima segunda-feira, o preço poderá saltar para 1,473 euros. O custo do mesmo depósito passa a ser três euros mais caro.

O caso do gasóleo é diferente: espera-se uma baixa de meio cêntimo, interrompendo-se uma série de nove semanas de alta. Pode parecer uma boa notícia, mas a verdade é que dois meses e uma semana de agravamentos significaram um aumento de preço acumulado de 8,7 cêntimos. Como o preço do diesel deve ficar em 1,389 euros a partir da próxima semana, encher um depósito vai custar 69,45 euros, mais 4,35 euros do que a 7 de janeiro, antes do período de nove aumentos consecutivos.

​​

A Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (APETRO) revelou que as vendas de gasóleo cresceram 1% em 2018, enquanto que as de gasolina recuaram 0,5%. Ou seja, o diesel ainda dá sinais de vitalidade, apesar de as vendas dos veículos a gasolina estarem a superar as motorizações a gasóleo. Por outro lado, em Portugal, o fosso entre os dois combustíveis reduziu-se em 70% entre 2010 e 2018. O diesel ainda é mais barato do que a gasolina, registando-se agora uma diferença entre 6 ou 7 cêntimos por litro.