Economia

Gestão dos portos de Leixões e Aveiro fica a norte

Gestão dos portos de Leixões e Aveiro fica a norte

Leixões e Aveiro serão geridos por uma única empresa, autónoma de Lisboa. A possibilidade de colocar todos os portos nacionais sob gestão de uma única holding, na capital, parece estar fora da mesa.

A organização dos portos portugueses estará já acordada entre o Governo e a "troika". O JN apurou que serão criadas duas empresas: uma terá a seu cargo Leixões (que também gere Viana do Castelo) e Aveiro (que tem sob a sua alçada a Figueira da Foz); outra será responsável pelos portos de Lisboa, Setúbal e Sines.

Afastada está a criação de uma só "holding" que congregue em Lisboa a gestão de todos os portos. A hipótese foi posta pelo Governo mas gerou uma quase unanimidade de protestos a Norte, de parte da generalidade das forças políticas e empresariais.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Imobusiness