Mercado laboral

128 mil portugueses recuperaram emprego

128 mil portugueses recuperaram emprego

Ao longo de 2016 o país assistiu a um recuo do número de pessoas sem trabalho.

A taxa de desemprego de 10,5% registada no terceiro trimestre deste ano é a mais baixa desde o início de 2011 e os 22,9% de desempregados que nesse período transitaram para um emprego correspondem também ao segundo valor mais elevado destes últimos cinco anos, apenas superado entre abril e junho de 2015.

Recuemos ao início de 2011. Portugal preparava-se para mergulhar numa profunda crise e para cumprir um programa de ajustamento financeiro. Por essa altura, a taxa de desemprego estava nos 12,4% e o universo de desempregados era composto por 673,2 mil pessoas. Também por essa altura o Instituto Nacional de Estatística assinalava que 21,9% dos que estavam sem emprego no final de 2010 reentraram no mercado de trabalho nos primeiros três meses de 2011. Essa taxa seria ultrapassada pela primeira vez no segundo trimestre de 2015 e novamente em abril deste ano.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.