Economia

Lufthansa vai adquirir maior parte da Air Berlin após insolvência

Lufthansa vai adquirir maior parte da Air Berlin após insolvência

A Lufthansa vai adquirir os 81 aviões e assumir os três mil funcionários da Air Berlim, na sequência do pedido de insolvência daquela transportadora.

O responsável anunciou que o acordo de compra vai ser assinado às 12 horas locais (11 horas em Portugal continental).

"Hoje é um grande dia. Vamos assinar o acordo dentro de umas horas", disse Carsten Spohr, presidente-executivo da Lufthansa.

A Lufthansa vai adquirir os 81 aviões e assumir três mil funcionários da Air Berlin por 1500 milhões de euros, segundo o presidente da Lufthansa.

A Air Berlin declarou-se insolvente a 15 de agosto e várias companhias aéreas manifestaram o seu interesse em comprar a empresa, como a Ryanair, a Lufthansa, a Condor e a TUIfly.

A Lufthansa e a companhia de baixo custo EasyJet são as duas transportadoras aéreas escolhidas para comprarem os ativos da insolvente Air Berlin.

A administração da Air Berlin negociou nas últimas três semanas exclusivamente com a maior companhia aérea alemã e a companhia aérea britânica.

A Air Berlin declarou-se insolvente após ter deixado de receber apoio financeiro da Etihad Airways, seu acionista maioritário, e começou a negociar a venda de parte da empresa, especialmente com a Lufthansa.

A partir de 15 de outubro, a Air Berlin vai deixar de realizar voos de longo curso.

Conteúdo Patrocinado