Banif

Luís Amado nomeado para presidir conselho de administração do Banif

Luís Amado nomeado para presidir conselho de administração do Banif

Jorge Tomé, atual administrador da CGD, vai ser o próximo presidente executivo do Banif e Luís Amado irá ocupar a presidência do conselho de administração, segundo proposta da accionista maioritária, a Rentipar Financeira.

O comunicado do Banif enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) adianta que a Rentipar Financeira vai apresentar a lista para o órgão de administração, que inclui os dois nomes, na próxima assembleia-geral de accionistas.

Na quinta-feira, a Lusa já tinha noticiado que o actual presidente do Grupo Banif, Joaquim Marques dos Santos, não se iria recandidatar a um novo mandato à frente da instituição financeira, e que o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros socialista, Luís Amado, era apontado como o seu provável sucessor.

A não renovação do mandato do actual do presidente, Joaquim Marques dos Santos, deve-se ao facto de este pretender "reduzir a intensidade das suas responsabilidades profissionais, mantendo-as em termos que considere compatíveis com a sua idade e a com a sua situação de reforma", justifica Rentipar no comunicado enviado pelo Banif.

Quanto ao vice-presidente, Carlos Duarte de Almeida, que foi convidado a integrar o conselho de administração da Rentipar, "entendeu conveniente cessar as funções que vinha exercendo no Banif" face às "elevadas exigências" e responsabilidades associadas ao novo cargo.

Eta é mais uma mudança de peso na liderança de grupos financeiros portugueses desde o início do ano, que começou com o anúncio ao mercado que Nuno Amado, até há pouco tempo presidente do Santander Totta, estava a caminho do BCP, substituindo Carlos Santos Ferreira no cargo.