PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

BCE

Nenhum país quer sair do euro, diz membro do BCE

Nenhum país quer sair do euro, diz membro do BCE

O membro do conselho de governadores do Banco Central Europeu Erkki Liikanen garantiu este sábado que nenhum país quer sair do euro e explicou que a reunião da noite passada serviu para discutir o programa grego.

Em entrevista à televisão estatal finlandesa YLE, citada pela Bloomberg, o também governador do Banco Central da Finlândia considerou que uma reestruturação (prolongamento do prazo para pagar ou corte no valor da dívida soberana aos credores) não irá resolver os problemas da Grécia.

Erkki Liikanen afirmou ainda que os países periféricos têm de implementar sérias reformas estruturais e de cortar os seus rácios de défice e de dívida.

Os comentários do governador do Banco Central da Finlândia surgem um dia após o semanário alemão Der Spiegel ter publicado na sua edição on-line que os responsáveis do Governo grego estariam a ponderar abandonar a moeda única europeia.

Na noite passada, houve ainda uma reunião que juntou os ministros das Finanças das quatro maiores economias da Zona Euro (Alemanha, França, Espanha e Itália), o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, e o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, e ainda o ministro das Finanças da Grécia, Yorgos Papaconstantínu.

O presidente do Eurogrupo já veio a público explicar que a hipótese de a Grécia abandonar o euro não está em cima da mesa, algo também desmentido por vários responsáveis do executivo helénico.

A reunião terá servido, segundo Jean-Claude Juncker, para preparar a reunião dos ministros das finanças no âmbito do G20, e ter-se-á discutido a crise da dívida soberana na Zona Euro, com especial incidência para os países sob ajuda financeira externa: Grécia, Irlanda e Portugal.