Economia

Número de casais desempregados sobe 81% num ano

Número de casais desempregados sobe 81% num ano

Entre os 609.273 desempregados inscritos nos centros de emprego, em maio, estavam registados 7.940 casais sem emprego, o que corresponde a um aumento de 81% relativamente ao mesmo mês de 2011.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), o número de casais em que ambos os cônjuges estão desempregados aumentou em 3.554 casais em termos homólogos e em 63 casais (0,8%) relativamente ao mês de abril.

O desemprego registado nos centros de emprego do continente aumentou 20,4% face ao mesmo mês do ano passado e diminuiu 2,3% relativamente ao mês de abril.

Segundo o IEFP, desde julho de 2011 que se regista um aumento em cadeia do número de casais desempregados, tendo sido registado em maio o número mais elevado desde outubro de 2010, altura em que começou a ser recolhida esta informação.

O desemprego registado nos centros de emprego do continente aumentou em maio 20,4% face ao mesmo mês do ano passado e diminuiu 2,3% relativamente ao mês de abril.

Dos 609.273 desempregados inscritos nos centros de emprego no final do mês passado, 301.098 (49,4% ) eram casados ou viviam em união de facto, 233.834 eram solteiros, 57.834 divoriciados e 9.795 viúvos.