PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Desemprego

Número de desempregados diminuiu em 25 mil entre 2011 e 2015

Número de desempregados diminuiu em 25 mil entre 2011 e 2015

O porta-voz do PSD, Marco António Costa, afirmou, esta quinta-feira, que o número absoluto de desempregados diminuiu na atual legislatura, tendo passado de 661 mil para 636 mil entre junho de 2011 e junho deste ano.

Invocando os números do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quinta-feira, Marco António Costa sustentou que "a verdade dos factos comprova que, face a junho de 2011, primeiro mês de governação do atual Governo da maioria", houve "uma redução efetiva do número absoluto de desempregados em Portugal".

"Face aos 661 mil existentes em junho de 2011, temos 636 mil em junho de 2015. Isto é, temos uma redução superior a 20 mil desempregados", acrescentou o porta-voz e coordenador da Comissão Política Nacional do PSD, em conferência de imprensa, na sede nacional deste partido, em Lisboa.

Antes, Marco António Costa referiu que o INE fez "uma revisão em baixa de quase 1%" da sua projeção de desemprego para maio deste ano: "Afinal, em maio não tivemos uma taxa de desemprego de 13,2%, mas sim uma taxa de desemprego de 12,4%".

Segundo o vice-presidente do PSD, "importa também sublinhar a circunstância de que há 29 meses consecutivos que a taxa de desemprego vem baixando e a taxa de emprego está a crescer".

Depois, Marco António Costa falou da evolução do emprego nesta legislatura, mas cingindo-se aos últimos dois anos: "Entre janeiro de 2013 e maio de 2015, há mais 204 mil portugueses, felizmente, a trabalhar".

Por outro lado, destacou os indicadores de clima económico e de confiança dos consumidores.

O social-democrata concluiu que "o país está no rumo certo" e aproveitou para repetir o lema estreado na quarta-feira pela coligação PSD/CDS-PP para as legislativas de 4 de outubro: "Agora Portugal, efetivamente, pode mais".