PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

RSI

Número de famílias com Rendimento Social de Inserção aumentou quase 20%

Número de famílias com Rendimento Social de Inserção aumentou quase 20%

Em 2009, o número de famílias com direito ao Rendimento Social de Inserção aumentou quase 20%, chegando a 192276 agregados. Instituto Nacional de Estatística revela que, nesse ano, as receitas com protecção social superaram as despesas.

De acordo com os indicadores sociais do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta quinta-feira, em 2009 existiam 192276 famílias a receber o Rendimento Social de Inserção (RSI), contra as 160557 que o recebiam em 2008, o que representa um aumento de 19,8%.

Já no que diz respeito aos beneficiários individuais do RSI, o aumento foi de 16,4%, passando de 418364 em 2008 para 486977 em 2009.

Em termos de distribuição geográfica, a maioria das famílias que recebe o RSI está concentrada no norte de Portugal (92034), logo seguido por Lisboa com 41196 famílias.

Ainda assim, de acordo com o INE, "as receitas com protecção social foram superiores às despesas, à semelhança dos cinco anos anteriores".

"As receitas de protecção social aumentaram 6,5% em 2009 relativamente ao ano anterior, sobretudo devido ao crescimento da rubrica 'Outras Receitas' (+30,5%), associado ao incremento das transferências para apoiar as prestações sociais concedidas no âmbito das funções família e desemprego", indica o INE.

Os indicadores sociais revelam também que a par do aumento de 6,5% das receitas de protecção social, as despesas cresceram 8,4%, passando a representar 97% das receitas.

Em termos evolutivos, entre 2004 e 2009, as receitas de protecção social cresceram 25% e as despesas 27,6%.

Entre 2004 e 2008, as despesas de protecção social representavam 95% das receitas, passando para 97% em 2009.