Economia

Passos e Gaspar podem abdicar de faturas falsas

Passos e Gaspar podem abdicar de faturas falsas

Há uma conta no facebook que ostenta faturas de variadas compras com o NIF de Passos Coelho e de ministros. Mas o benefício fiscal associado pode ser rejeitado no momento da entrega da declaração do IRS.

"O contribuinte pode rejeitar um benefício fiscal", salienta o presidente do Sindicato do Impostos (STI), estando esta possibilidade ao seu alcance quando procede ao preenchimento da declaração do IRS. Nesse momento, pode optar por não incluir o prémio pago no seguro de saúde, o donativo ou o montante aplicado em PPR ou então corrigi-lo, no caso de esta informação ter já sido pré-preenchida pelas Finanças. Estas são as regras em qualquer benefício ou dedução - no limite ninguém é obrigado a indicar na sua declaração as despesas de saúde - e deverão ser também observadas no caso das faturas que permitem usar 5% do IVA pago em determinadas compras para abater ao IRS, desde que o contribuinte, no ato do pagamento, lhe associe o seu NIF.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.