PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

dívida pública

Portugal consegue juros mais baixos por Bilhetes de Tesouro

Portugal consegue juros mais baixos por Bilhetes de Tesouro

Portugal colocou, esta quarta-feira, um total de 1250 milhões de euros em Bilhetes de Tesouro a três e doze meses, às taxas de 0,462% e 0,75%, respetivamente, inferiores às observadas nos anteriores leilões comparáveis.

Segundo a página do IGCP, agência que gere a dívida portuguesa, foram colocados 250 milhões de euros em Bilhetes de Tesouro (BT) a três meses a uma taxa de juro média de 0,462%, inferior à de 0,495% do leilão de janeiro.

A procura para este leilão de BT a três meses atingiu 1,565 milhões de euros, o que traduz um rácio de cobertura de 6,26 vezes.

No prazo de 12 meses, foram colocados 1000 milhões de euros de BT a uma taxa de juro de 0,75%, também inferior à de 0,869% praticada no leilão de janeiro.

A procura dos BT a 12 meses atingiu 2115 milhões de euros, ou seja 2,12 vezes superior ao montante colocado.

O IGCP anunciou que iria leiloar Bilhetes do Tesouro a três e a 12 meses, num montante indicativo entre os 1000 e os 1250 milhões de euros.

A última vez que o IGCP realizou leilões de Bilhetes do Tesouro a três meses foi em janeiro, altura em que as taxas ficaram nos 0,495%, tendo sido colocados 240 milhões de euros.

A última emissão a 12 meses ocorreu também em janeiro, altura em que foram colocados 1010 milhões de euros, com uma taxa de juro média de 0,869%.