PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Premium

Portugal já exporta roupa usada para Ásia e África

Portugal já exporta roupa usada para Ásia e África

Peças têm uma segunda vida em países como Guiné-Bissau, Moçambique ou Camarões. Índia e o Paquistão usam os desperdícios para enchimentos e isolamentos.

Os portugueses desfazem-se anualmente de 195 mil toneladas de roupa usada. O volume é gigantesco e, com a velocidade atual do consumo e da voragem da moda, tudo aponta para que aumente. Está a tornar-se um problema para a sustentabilidade do Planeta. E para onde vai toda essa roupa? Para vários países de África e da Ásia. A roupa usada tornou-se uma atividade económica, com uma cadeia que engloba vários agentes, mercados e canais de venda.

A Texamira está focada na compra e venda de roupa usada. Segundo Andreia Gonçalves, administradora da empresa de Seia, a maioria destes produtos são comprados ao peso em Portugal (o maior volume), Espanha e França. Têm fornecedores fidelizados pelo tempo, como empresas e associações, que lhes garantem o processamento diário de 40 toneladas. Num ano, a Texamira supervisiona mais de 13 mil toneladas. Mas nem todo este volume é passível de valorização, isto é, de voltar a entrar no mercado com valor económico. "É um negócio, mas estamos a valorizar um resíduo que de outra forma iria para aterro", sublinha.