PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Economia

Portugal repete maior queda da produção na construção na UE em agosto

Portugal repete maior queda da produção na construção na UE em agosto

A produção na construção em Portugal teve em agosto, pelo segundo mês consecutivo, a maior queda homóloga (-12,8%) da União Europeia, registando contudo o maior aumento (10,8%) face ao mês anterior, julho, revela o Eurostat.

Segundo as primeiras estimativas do Eurostat, a produção no setor da construção observou em agosto, face ao mesmo mês do ano passado, um recuo de 4,7% na zona euro e de 2,5% entre os 28 países da União Europeia.

Na comparação anual, a produção diminuiu em nove Estados-membros e aumentou em seis, com Portugal a liderar os países com maiores quedas, com -12,8%, à frente da Itália (-10,6%), da Bulgária (-9,5%) e da Polónia (-8,9%).

As maiores subidas homólogas foram verificadas na Hungria (14,6%), Roménia (8,9%), Espanha (7%) e Suécia (5%).

Em julho, Portugal também já tinha registado a maior descida homóloga na produção na construção (-16,3%).

Já na comparação mensal, isto é, em relação a julho de 2013, a produção no setor da construção aumentou 0,5% na zona euro e 0,4% no conjunto da União Europeia.

Entre os 28 Estados-membros, em agosto, a produção na construção aumentou em sete e diminuiu em oito, tendo Portugal (10,8%), Suécia (4,8%), Hungria (4%) e Itália (3,4%) observado as maiores subidas.

As maiores quedas face a julho tiveram lugar na República Checa (-3,6%), Eslovénia (-2,8%), Alemanha (-1,9%) e Polónia (-1,6%).

Neste boletim, o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia reviu ainda os dados do mês de julho (publicados em setembro) relativos à taxa de crescimento mensal da produção na construção (de 0,3% para 0,7% na zona euro e de 0,7% para 1,3% na União Europeia) e à taxa de crescimento anual (de -1,2% para -2,2% na zona euro e de -1,1% para -1,2% na União Europeia).