INE

Portugueses pagaram mais 430 euros para impostos em 2018

Portugueses pagaram mais 430 euros para impostos em 2018

Carga fiscal atingiu máximos desde 1995. Portugueses pagaram 71,4 mil milhões de euros de impostos em 2018, o que corresponde a 35,4% do PIB (34,4% no ano anterior).

A carga fiscal apresentou um aumento nominal de 6,5% em 2018, após o aumento de 5,3% em 2017, atingindo 71,4 mil milhões de euros (mais 4,3 mil milhões de euros que em 2017). Ou seja, cada português pagou em média mais 430 euros em 2018 comparativamente a 2017. No total, em média, os portugueses pagaram 7140 euros para os vários impostos, se arredondarmos a população total para os dez milhões de pessoas.

Estes dados, publicados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), não constituem uma surpresa. Conforme o JN noticiou também segunda-feira, de acordo com os dados de Bruxelas relativos à carga fiscal (soma de receita fiscal com contribuições sociais efetivas, o critério usado pelo governo no Programa de Estabilidade), Portugal já bateu um máximo histórico no ano passado, com 35,4% do PIB, este ano mantém o nível e, no próximo ano, o peso da tributação voltará a subir, para 35,5%.

O crescimento em 4,3 mil milhões de euros da carga fiscal é explicado sobretudo pelo comportamento das receitas do IVA e do IRS, que subiram cerca de 1.040 milhões de euros e 704 milhões de euros, respetivamente, e das contribuições sociais efetivas, com um acréscimo de 1.186 milhões de euros. A receita de IRC aumentou em cerca de 536 milhões de euros, em 2018, após o aumento de 557 milhões de euros, no ano anterior.