Crise combustíveis

Poucas bombas com gasóleo em Braga

Poucas bombas com gasóleo em Braga

As bombas de gasolina mais centrais da cidade de Braga estavam sem gasóleo à hora de almoço, obrigando os condutores a procurar soluções em zonas mais periféricas. A CEPSA junto à estação de comboios e a bomba do Eleclerc, em Ferreiros, são exemplos de pleno funcionamento.

Na Repsol junto ao complexo desportivo da Rodovia, a fila de trânsito que se verificava de manhã denunciava que o posto tinha todo o tipo de combustível. Mas a situação inverteu-se pelas 13 horas. Carlos Araújo estava com a mangueira do gasóleo na mão, quando foi surpreendido. "Acabou mesmo agora. Preciso de arranjar solução, porque tenho uma viagem para o aeroporto para fazer", afirmou.

Rute Lopes foi à CEPSA junto à estação de comboios, porque não encontrou na BP e Prio mais próximas de casa. "Foi a terceira tentativa. Fiquei surpreendida por nem encontrar fila", declarou.

No Eleclerc, apesar de haver gasóleo, a fila de trânsito também era pequena à hora de almoço, em comparação com o cenário vivido no dia de ontem. "Mas desde as 8.30 horas que não temos parado", confessou uma funcionária.

Entre os clientes das gasolineiras, há muitos que apenas foram atestar o carro "por precaução".