PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Lançamento

Proace City: Toyota no segmento dos comerciais ligeiros

Proace City: Toyota no segmento dos comerciais ligeiros

A Toyota vai entrar, no primeiro trimestre do próximo ano, no segmento dos comerciais ligeiros (LCV) com o Proace City, e anunciou um ambicioso plano para a eletrificação deste novo modelo e do seu furgão médio, a Proace.

O City vai concorrer no competitivo mercado de veículos comerciais compactos, conhecidos em Portugal como furgões de de Classe 1 nas portagens, alargando a cobertura da Toyota para mais de dois terços do mercado de veículos comerciais ligeiros. O novo furgão concorre num segmento que, em termos europeus, deverá alcançar as 900 mil unidades anuais até 2021.

Terá dois comprimentos - curto, com 4.4 metros e longo, com 4.7 metros -, com três lugares dianteiros na versão fechada ou com vidros laterais. A versão longa também está disponível com cinco lugares "crew cab", para utilização mista. Existirá, ainda, a City Verso, com cinco ou sete lugares nas versões curta e longa.

A capacidade de carga da nova proposta japonesa oscila entre um volume máximo de 3,3 metros cúbicos (modelo curto) a 4,3 metros cúbicos (versão longa com a opção "Smart Cargo"), sendo um dos poucos veículos da classe com capacidade de carga para duas euro-paletes.

Estarão disponíveis blocos a gasolina e diesel ,com potências de 75 a 130cv, opção de transmissão manual de cinco ou seis velocidades e ainda uma transmissão automática de oito velocidades.

A Verso tem a opção de três bancos individuais ou um banco dobrável 60:40 na segunda fila, podendo ser adicionada uma terceira fila de bancos nas duas versões (curta e longa), com ajuste deslizante.

Segurança

Entre o muito equipamento de segurança e de conforto, destaque-se a câmara de visão traseira que fornece imagens dinâmicas de 180 graus. Caso outros veículos na estrada se encontrem no ângulo morto, um monitor de ângulos mortos avisa o condutor, através de um alerta no painel e aviso sonoro.

Um outro sistema, o "Smart Active Vision", usa duas câmaras dedicadas e um ecrã de cinco polegadas montado no teto para transmitir uma visão, em tempo real, da zona atrás e na lateral do veículo. Uma visão traseira de longa distância pode ser selecionada em movimento ou parado, ou uma visão de curta distância para marcha-atrás.

Eletrificação

A marca recorda que a crescente preocupação com as alterações climáticas e a qualidade do ar tem levado muitas cidades europeias a definir novos regulamentos de baixas emissões para justificar a eletrificação dos seus comerciais.

"Estes fatores estão a mudar as necessidades e prioridades dos clientes de veículos comerciais, especialmente em áreas urbanas. Em colaboração com o Grupo PSA, a Toyota irá lançar, no próximo ano e no seguinte, versões 100% elétricas (BEV - Battery Electric Vehicle) da Proace e Proace City".

Toyota Professional

Aproveitando o lançamento dos novos produtos, o fabricante nipónico revelou uma diferente estratégia de marca para os comercias: a Toyota Professional.

"A iniciativa trará mais foco e dedicação aos veículos comerciais em toda a sua rede Toyota. Adicionalmente, iremos implantar uma nova estratégia na rede de veículos comerciais para fornecer uma experiência especializada ao cliente empresarial, que incluirá alguns centros de negócios existentes, tornando-se centros de veículos comerciais com equipas especializadas", sublinha o fabricante.

Matt Harrison, Vice-Presidente Executivo da marca na Europa, referiu que "a expansão e a eletrificação da gama de produtos comerciais da Toyota Motor Europe serão apoiadas pela nova marca, Toyota Professional, que destaca o compromisso da Toyota com os seus clientes de veículos comerciais, incluindo uma rede dedicada para garantir a experiência correta do cliente".