Prémios

Restaurante Belcanto do chef Avillez entre os 50 melhores do mundo

Restaurante Belcanto do chef Avillez entre os 50 melhores do mundo

O restaurante Belcanto, do chef José Avillez, entrou pela primeira vez para a lista dos 50 melhores restaurantes do mundo de acordo com a lista do World's 50 Best, tido como o Oscar da gastronomia.

Na cerimónia ocorrida esta terça-feira em Singapura, e em que foram anunciados os melhores restaurantes do mundo, o duas estrelas de Avillez ascendeu ao grupo dos 50 primeiros, passando de 75.º para 42.º. O francês Mirazur é o primeiro da lista, seguido pelo novo Noma, na Dinamarca, e, em terceiro lugar, ficou o o Asador Etxebarri, em Espanha.

José Avillez, que está em Singapura e assistiu ao momento em que foram anunciados os vencedores, mostrou-se "contente e grato por esta distinção. É muito bom para a equipa do Belcanto, para Lisboa e para Portugal ver o nosso património gastronómico reconhecido desta forma".

"Nos últimos anos, a cozinha em Portugal tem vindo a ganhar destaque e este é mais um sinal de que estamos a deixar uma marca positiva", acrescentou. O chef, recorde-se, assumiu o comando do Belcanto em 2012, ano que que ganhou a primeira estrela Michelin. Uma segunda foi-lhe atribuída dois anos depois.

No site do The World's 50 Best Restaurants o português "Belcanto" é apresentado como o restaurante que mostra as cores verdadeiras da culinária de Lisboa. Apesar de se referir "aos 50 melhores do mundo", a lista incluiu 120 restaurantes.

O primeiro restaurante português a entrar na lista dos melhores do mundo foi o Vila Joya, no Algarve, que alcançou o 22.º lugar em 2014. O Belcanto foi destacado pela primeira vez em 2015, ocupando a 91.ª posição. No site, já com a lista dos 50 melhores atualizada, é valorizada a utilização dos produtos da costa portuguesa e dado destaque ao prato Mergulho no Mar, uma criação de 2007, de robalo com algas e bivalves, ou o leitão revisitado, com batata frita, laranja e salada.