Economia

Sonaecom e Isabel dos Santos de acordo para fusão de Optimus e Zon

Sonaecom e Isabel dos Santos de acordo para fusão de Optimus e Zon

A Sonaecom e a empresária angolana Isabel dos Santos, acionista de referência da Zon, anunciou hoje que chegaram a acordo no sentido de promover junto das administrações da Zon e da Optimus "uma operação de fusão entre as duas empresas".

Em comunicado, "a Sonaecom, a Kento Holding Limited e a Jadeium", estas detidas por Isabel dos Santos, "tornam público terem alcançado um acordo no sentido de promover junto das administrações da Zon Multimédia e da Optimus uma operação de fusão entre as duas empresas, por incorporação da Optimus SGPS na Zon".

De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), "com vista à concretização da operação, a Sonaecom e a Kento/Jadeium solicitarão, respetivamente, às administrações da Optimus SGPS e da Zon que, em conjunto, apreciem a conveniência e oportunidade da mesma, à luz dos interesses de ambas as sociedades".

Caso a avaliação seja positiva por parte das duas empresas e "havendo acordo quanto à relação de troca das participações sociais", o projeto de fusão deve ser submetido às respetivas assembleias gerais.

"A Sonaecom e a Kento/Jadeium acordaram ainda que considerariam como aceitável uma relação de troca baseada numa valorização da Zon correspondente a 150% da Optimus SGPS, sem prejuízo da disponibilidade para considerarem relação de troca diferente dessa que as administrações da Optimus SGPS e da Zon venham a considerar mais adequada".

A Sonaecom, dona da Optimus, e Isabel dos Santos, que detém perto de 29% da Zon, referem que não pretendem "substituir-se aos órgãos competentes da Zon e da Optimus (administrações e assembleias gerais)".

Apenas procuram "impulsionar um processo que, como é evidente, apenas se concretizará no caso de ser aprovado, e por essa via legitimado, pelos referidos órgãos, com as maiorias legalmente exigidas, e que ficará dependente das necessárias autorizações regulatórias, em particular da Autoridade da Concorrência".

A Sonaecom e a Kento/Jadeium "acordaram na constituição de um veículo detido em partes iguais que, condicionadamente à concretização da fusão, reunirá uma parcela substancial da participação da primeira na Optimus SGPS e a totalidade da participação da Kento/Jadeium na Zon, e que, em caso de efetivação da fusão, e em resultado da mesma, passará a deter uma posição de controlo (em relação à qual será solicitada à CMVM a emissão de declaração de derrogação do dever de OPA)".

ver mais vídeos