Economia

Ulrich: "Se os sem-abrigo aguentam porque é que nós não aguentamos?"

Ulrich: "Se os sem-abrigo aguentam porque é que nós não aguentamos?"

Depois de ter dito, em outubro, que "o país tem de aguentar mais austeridade", o presidente executivo do BPI, Fernando Ulrich, voltou esta quarta-feira a fazer uma declaração polémica: "Se os sem-abrigo aguentam porque é que nós não aguentamos?"...

"Se os gregos aguentam uma queda do Produto Interno Bruto de 25%, os portugueses não aguentariam porquê? Somos todos iguais, ou não?", perguntou Ulrich, esta quarta-feira, em Lisboa, durante a conferência de Imprensa de apresentação de resultados do BPI.

"Se andar aí na rua e infelizmente encontramos pessoas que são sem-abrigo, isso não lhe pode acontecer a si ou a mim, porquê? Isso também nos pode acontecer", disse na conferência de Imprensa. "Se as pessoas que vemos ali na rua, naquela situação a sofrer tanto aguentam, porque é que nós não aguentamos?"

O banqueiro fez estas afirmações quando explicava o que pretendeu dizer com a polémica observação "Se o país aguenta mais austeridade? Ai aguenta, aguenta!", que muitas críticas públicas lhe valeu.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado