PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Em atualização

Veja aqui quais são os 310 postos de abastecimento prioritários

Veja aqui quais são os 310 postos de abastecimento prioritários

O Governo anunciou, esta quarta-feira, a criação de uma rede de 310 postos prioritários de abastecimento no país e alargou os serviços mínimos da greve dos motoristas de matérias perigosas a todo o território nacional.

Face à greve dos motoristas e às condições acordadas entre Governo e sindicatos, a Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE) elaborou um plano de intervenção e utilização das reservas de segurança, no qual consta uma Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA).

A rede em causa vai integrar 310 postos, cerca de 10% dos postos de abastecimento existentes em Portugal continental, que totalizam 3068, segundo dados da Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis.

O gabinete do ministro do Ambiente, José Pedro Matos Fernandes, explicou, em comunicado, que os postos ficam obrigados a reservar, para uso exclusivo das entidades prioritárias, pelo menos, uma unidade de abastecimento e que o público pode realizar abastecimentos de até 15 litros de gasolina ou gasóleo nos postos da rede em causa.​

Um decreto-lei publicado em Diário de República estabelece que, sempre que necessário, "o acesso aos postos de combustível pertencentes à REPA poderá ser regulado por um agente da autoridade, cujo destacamento será solicitado, para o efeito, através do governo civil do distrito respetivo, o qual permitirá, exclusivamente aos utentes prioritários, o acesso às unidades de abastecimento que lhes estão destinadas".

Consulte aqui a lista dos postos de combustível prioritários