O Jogo ao Vivo

Premium

Vendas de sapatos portugueses estão a render menos lá fora

Vendas de sapatos portugueses estão a render menos lá fora

Depois de oito anos de crescimento consecutivo, 2018 revelou-se difícil para a indústria portuguesa de calçado, cujas exportações caíram 2,65% para 1904 milhões de euros.

A "retração do consumo na Europa" foi determinante para esta performance, reconhece a associação do setor, que lembra que a economia é feita de ciclos e que as empresas portuguesas tiveram um registo "muito idêntico ao dos seus dois grandes concorrentes, Itália e Espanha".

A verdade é que Portugal até vendeu mais pares de sapatos, mas a um preço mais baixo. Parte da explicação reside na diversificação da própria indústria e na aposta em novos materiais.