Premium

Verão adiado congela venda de roupa e calçado

Verão adiado congela venda de roupa e calçado

A chuva e o frio estão a provocar uma redução nas vendas de vestuário e calçado, sobretudo, no comércio de rua.

O tempo nublado vai manter-se nos próximos dias e, se não fossem os turistas e a habilidade dos comerciantes de rua para fazer e desfazer montras conforme o estado do tempo, seriam ainda maiores as quebras no comércio.

"Começou o verão mas as vendas não estão a ser nada de especial. As quebras variam de região para região mas, no Porto, há quebras de 20% nas vendas e no interior do país os prejuízos ainda são maiores", disse ao JN Nuno Camilo, vice-presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCSP). A culpa vai quase toda para a chuva e para a falta de calor que se sente em Portugal.