Pingo Doce

Jerónimo Martins condenada a pagar coima de 30 mil euros pela campanha do Pingo Doce

Jerónimo Martins condenada a pagar coima de 30 mil euros pela campanha do Pingo Doce

A Autoridade da Concorrência condenou a Jerónimo Martins ao pagamento de uma multa de 30 mil euros pela campanha de promoção dos supermercados Pingo Doce no 1.º de Maio, confirmou fonte da entidade.

De acordo com fonte oficial da Autoridade da Concorrência (AdC) citada pela Lusa, por despacho de 2 de agosto, foi aplicado ao Pingo Doce uma multa de 29.927,88 euros, a que se somam 250 euros de custas, pela prática de 15 contraordenações.

A Jerónimo Martins, dona da cadeia de supermercados Pingo Doce, tem 20 dias a contar da data da notificação da multa para impugnar judicialmente a decisão administrativa.

A Lusa contactou esta tarde a Jerónimo Martins, que disse que não se iria pronunciar sobre o assunto por não ter recebido qualquer notificação.

Em causa está a campanha que o Pingo Doce lançou no dia do Trabalhador, oferecendo um desconto de 50% para clientes que adquirissem mais de 100 euros de compras.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG