Economia

Jumbo tira ao Pingo Doce liderança nos preços baixos

Jumbo tira ao Pingo Doce liderança nos preços baixos

Os supermercados Jumbo são os mais baratos, batendo o Pingo Doce, que liderou o ranking durante seis meses. Entre os mais caros e mais baratos, as poupanças vão até 350 euros por ano, em Lisboa, Setúbal e Faro.

O Jumbo volta à liderança do ranking dos supermercados mais baratos a nível nacional. O feito é protagonizado pelo Jumbo, na Avenida Cruzeiro Seixas, na Amadora, arredores de Lisboa. No Norte, tanto o Jumbo de Gondomar como o da Maia apresentam os preços mais baixos da região.

Seis meses depois de ter perdido a liderança para o Pingo Doce (que caiu agora para a 3.ª posição), a marca do grupo Auchan recupera o título, quer no cabaz de marcas de fabricante quer no cabaz mix (que inclui também marcas brancas), segundo a Deco Proteste.

A associação de defesa do consumidor analisou cerca de 43 mil preços para dois cabazes: um com 83 produtos de marcas de fabricante mais vendidas e outro que combina marcas de fabricante com as mais económicas.

De acordo com o barómetro, empatados no segundo lugar do cabaz de marcas de fabricante, surgem o Continente e o Continente/Modelo, seguidos do Lidl, no terceiro posto, o mesmo lugar ocupado pelo Pingo Doce.

Neste cabaz, na área das mercearias e drogaria, o Jumbo é o mais barato, seguido do Lidl, Continente e Continente/Modelo. Na 4.ª posição surge o Pingo Doce, seguido do Intermarché. A liderança do Jumbo é extensível aos produtos frescos, seguindo--se o Continente. Em terceiro surgem Continente/Modelo e Pingo Doce. Globalmente, "os preços do Jumbo são, em média, 11% mais baratos do que a cadeia no último posto, o Meu Super", refere a Deco.

Também no cabaz mix, o Jumbo é líder, seguindo-se o Continente e Continente/Modelo, na 2.ª posição. Lidl e Minipreço surgem empatadas na 3.ª posição e Pingo Doce, no quarto posto. Aqui a poupança pode ir aos 30%. Segundo a Deco, se forem escolhidas 38 marcas mais económicas dos 83 produtos do cabaz, num orçamento de 150 euros/mês, a poupança é de 27%, ou 380 euros/ano.

Por região, Lisboa, Setúbal e Faro são os distritos com a maior diferença de preços. Por exemplo, no distrito de Lisboa, pode poupar-se até 348 euros, se a opção for o Jumbo situado na Avenida Cruzeiro Seixas, na Amadora, em vez do SPAR, na Rua da Mouraria (o mais caro).

A Deco aconselha o seu simulador para saber onde está o melhor negócio.

Outros Artigos Recomendados