dívida pública

Juros da dívida ainda com valores historicamente altos

Juros da dívida ainda com valores historicamente altos

Os juros da dívida soberana estão, esta segunda-feira, a aliviar no mercado secundário a dois, cinco e dez anos, apesar de se manterem em valores historicamente elevados.

Pelas 08.25 horas, os juros exigidos pelos investidores para transaccionar títulos de dívida soberana portuguesa a cinco anos negociavam nos 12,96%, ligeiramente abaixo dos 12,975% da média do dia de sexta-feira, segundo a agência de informação financeira Bloomberg.

Este valor, apesar de alto, está abaixo em mais de um ponto percentual dos 14,155 da média do dia de 27 de Junho, o recorde para este prazo desde a entrada de Portugal no euro, em 1999.

O 'spread' face à dívida alemã (referencial para a Europa) nesta maturidade estava nos 1070 pontos base.

A dois anos, a tendência desta manhã era também de ligeira queda, com os juros associados a estes títulos a negociarem nos 12,940% face aos 12,964% da última sessão, enquanto o 'spread' face à dívida alemã se fixava nos 1113 pontos base.

No prazo dos 10 anos, os juros dos títulos portugueses cediam dos 10,940% da média do dia de sexta-feira para os 10,91% desta manhã.

O 'spread' face aos títulos alemães do mesmo prazo estava nos 790,7 pontos base.

Tal como no prazo a cinco anos, a dois e a dez anos, os juros da dívida pública atingiram o máximo histórico a 27 de Junho, quando bateram os 14,632% e 11,681%, respectivamente, pressionados pela situação na Grécia e a possibilidade de contágio da crise da dívida grega a outras economias europeias.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG