Economia

Juros nos transportes disparam 855%

Juros nos transportes disparam 855%

O défice das administrações públicas ficou mais de 500 milhões abaixo do limite da troika, mas a despesa com juros e encargos está a disparar, sobretudo devido ao descontrolo nas empresas de transporte.

A execução orçamental do primeiro trimestre revela que os juros e encargos financeiros suportados pelas empresas públicas reclassificadas (EPR), que contam para o défice desde 2011, evidenciam um acréscimo homólogo acumulado de 86,9% (ver quadro em cima). O facto mais alarmante provém das empresas de transportes, onde a despesa nesta rubrica aumentou 855%, de 16,3 milhões no primeiro trimestre de 2012 para 155,7 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano (diferença de 139,4 milhões).

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Outras Notícias