Novidade

Lexus lançou em Portugal o novo NX

Lexus lançou em Portugal o novo NX

A Lexus acaba de apresentar, em Gaia, a segunda geração do NX, um SUV de médio porte, que conta, pela primeira vez, com uma versão híbrida plug-in. Mais do que um restyling, a marca fala num novo modelo, porquanto 95% das peças foram desenvolvidas a partir do zero.

O NX está disponível nas versões 350h e 450+ (hibrida plug-in) e pretende redefinir o segmento de SUV de luxo. Uma aposta que, desde 2014, data do lançamento da primeira geração, já rendeu à marca japonesa mais de 175 mi vendas na Europa e um milhão em todo o Mundo.

Em comparação com a geração anterior do NX, o comprimento total aumentou 20 mm (4,66 m), a distância entre eixos 30 mm (2,69 m), a largura 20 mm (atingindo agora os 1,86 metros) e a altura 5 mm (1,60 metros).

A plataforma a Lexus Global Architecture K (GA-K) permitiu criar vias mais largas à frente (+35 mm) e atrás (+55 mm) e permite montar rodas e pneus maiores (jantes de 18 a 20 polegadas e pneus de diâmetro de 720-740 mm).

A grelha tem um novo padrão de malha composto por blocos em forma de U e as versões mais equipadas dispõem de faróis de LED de quatro projetores, com o primeiro Sistema de Luzes de Máximos Adaptativos (AHS) da Lexus.

Cada uma das unidades contém 11 circuitos integrados de LED com o débito de luz a ser controlado por uma câmara frontal.

Os faróis de série são do tipo LED de feixe duplo com Luzes de Máximos Automáticas (AHB). E, na traseira, e além dos grupos óticos em LED e uma lâmina luminosa a toda a largura destaca-se a substituição do símbolo da marca pelo nome Lexus.

PUB

O NX está disponível em 11 cores e as versões NX F SPORT apresentam detalhes exteriores em cromado escuro, uma grelha com malha e jantes de liga leve de 20 polegadas com design de 10 raios inspirado nas usadas no LC, o coupé topo de gama, e duas cores exclusivas, o Sapphire Blue e F White.

Duas motorizações
A versão 450h+, a grande novidade da gama, tem um motor a gasolina de quatro cilindros e 2.5 litros híbrido em ciclo Atkinson, um motor elétrico dianteiro de 134 kW, um elétrico traseiro de 40 kW, uma caixa híbrida e uma bateria de iões de lítio com capacidade de 18,1 kWh.

O rendimento total do sistema plug-in, incluindo motores elétricos e bateria, é de 309 cv/ 227 kW, permitindo uma aceleração de 0-100 km/h em 6,3 segundos e velocidade máxima, em modo elétrico, de 135 km/h. Paralelamente, apresenta emissões de CO2, de 20 a 26 g/km e consumos entre o 0,9 e 1,1 l/100km.

De acordo com a marca, o NX tem uma autonomia elétrica que oscila entre os 69 e os 76 km (dependendo do nível de equipamento) no ciclo WLTP combinado ou 89 a 98 km no ciclo urbano. A Lexus destaca que a tecnologia elétrica híbrida plug-in mantém uma elevada eficiência quando a bateria esgota a sua carga, momento a parti do qual o sistema self-charging hybrid assume as operações

A recarga da bateria pode ser realizada em cerca de 2,5 horas usando uma corrente de 230 V/32 A e o carregador de bordo de 6,6 kW.

O condutor pode escolher entre quatro modos de condução para o sistema híbrido plug-in. O EV (Veículo Elétrico) é aquele em que o carro arranca, mantendo-se até que o limite da sua autonomia seja alcançado, independentemente da pressão que seja feita no pedal do acelerador.

Quando a bateria se esgota, o funcionamento muda automaticamente para o modo HV (Veículo Híbrido).

O modo Auto EV/HV automaticamente coloca o motor híbrido em ação quando é necessária potência adicional, regressando ao funcionamento EV imediatamente a seguir.

Por último, o condutor pode também selecionar o modo HV para maximizar o funcionamento eficiente, mantendo automaticamente o estado de carga da bateria.

Podem ainda ser selecionados três modos de condução: Normal; Eco; e Sport. Nas versões F SPORT equipadas com Suspensão Variável Adaptativa (AVS), o modo Sport é substituído pelo Sport S e Sport S+.

O condutor pode usar o controlo por patilhas para selecionar a transmissão Shiftmatic, selecionando "S" com a alavanca do seletor. Dessa forma se torna possível fornecer força de travagem do motor em seis etapas com uma sensação de engrenagem de mudanças semelhante a uma caixa de velocidades manual.

O 350h utiliza o mesmo motor de ciclo Atkinson de 2.5 litros do 450h+, com um rendimento máximo de 244 cv/179 kW (mais 24% que no modelo anterior). O NX 350h está disponível com tração dianteira ou a tração elétrica às quatro rodas EFour.

Desempenho
A Lexus assegura que os novos NVX combinam conforto de condução e respostas precisas da direção, aceleração e travagem, "respeitando ao máximo as intenções do condutor em todos os momentos".

A nova plataforma garante um centro de gravidade inferior, um aumento nas vias dianteira e traseira e uma melhoria do equilíbrio na repartição de peso entre a dianteira e a traseira.

De acordo com a marca, pilotos profissionais ajudaram a melhorar o desempenho dinâmico do carro e "garantir a "sensação" de condução de um Lexus nos testes em pista nas novas instalações de desenvolvimento de veículos, em Shimoyama".

Cem formas de interação
A conectividade do NX é mais rápida, melhor e mais capaz, graças à mais recente tecnologia de multimédia com serviços "sempre conectados", dispondo de atualizações de software e funcionalidade de forma remota ("over the air").

A Lexus sublinha que, "usando o smartphone, navegação, comandos do veículo, funções multimédia e conectividade em nuvem, existem cerca de cem maneiras para o condutor interagir com o veículo".

O sistema Lexus Link Connect possui um ecrã de 9,8 polegadas com acabamento anti-reflexo e a Unidade Central de Processamento tem uma velocidade de computação 2,4 vezes mais rápida do que a do anterior sistema multimédia.

Além do ecrã tátil, existem botões físicos que dão acesso às funções usadas com mais frequência. Os menus e controlos são mostrados como ícones no lado do condutor no ecrã para fácil acesso e o mesmo é dividido em secções de acordo com o nível de detalhe das informações.

Por outro lado, existem a bordo quatro entradas USB (duas à frente e duas atrás da consola central). Destas, três são do tipo USB-C 15 W e podem ser usadas para carregar dispositivos; a segunda porta na frente da consola é USB-A, adequada para conectar um aparelho multimédia. As tomadas de alimentação adicionais são fornecidas na consola central e na bagageira.

Segurança
O Lexus Safety System+ oferece funcionalidades mais alargadas de segurança e o Sistema de Segurança de Pré-Colisão (PCS) detetam motociclos e peões e uma nova função que identifica elevados riscos de colisão com o tráfego em sentido oposto ou peões a atravessar a estrada e ciclistas a curvar dentro de um cruzamento vindos da direção oposta.

A Assistência de Emergência à Condução fornece assistência, acionada pelo uso do volante pelo condutor, para controlar automaticamente a direção quando existe um elevado risco de colisão, ajudando a manter o veículo estável e dentro de sua faixa de rodagem. Uma nova função evita acelerações bruscas não intencionais quando se conduz a baixas velocidades.

O Cruise Control Adaptativo (ACC) foi melhorado para poder reconhecer e ajustar-se mais rapidamente à entrada abrupta de um veículo na frente do NX. Trabalhando em conjunto com a Assistência do Traçado da Faixa está preparado para seguir uma linha mais natural nas curvas e desacelere mais cedo em função da trajetória.

O novo sistema de fecho eletrónico de entrada e saída do NX está ligado ao Monitor de Ângulos Mortos para alertar sobre qualquer veículo que se aproxime pela traseira. Se for detetado algum risco, é acesa uma luz de advertência e soa uma campainha e, se houver tentativa de abrir a porta, o sistema cancela a libertação do trinco.

Destaque para o Monitor de Vista Panorâmica, que apresenta uma nova visão "raio-x" que apresenta no ecrã uma imagem da área debaixo do carro. A visão "raio-x" pode ser mostrada quando o seletor da transmissão se encontra na posição P; o condutor pode alternar entre esta imagem e a visualização em movimento do Monitor de Vista Panorâmica usando o botão de alternância de modo do ecrã.

A visualização transparente do piso é criada usando imagens das câmaras previamente captadas, não se tratando, por isso, de uma imagem em tempo real, destaca a Lexus.

A gama do NX350h decompõe-se nas versões Executive, Executive Plus e Premium e os preços começam nos 64.800 euros. O 450h+ começa na versão Executive Plus, seguindo-se a Premium e a Luxury e custa a partir dos 68.500 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG