Infraestruturas

Ligação de Paredes de Coura à A3 concluída em setembro de 2022

Ligação de Paredes de Coura à A3 concluída em setembro de 2022

Com atraso em relação ao prazo inicial, devido a um achado arqueológico (via romana dos Caminhos de Santiago), a ligação do parque empresarial de Formariz, em Pares de Coura, e a A3 (autoestrada Porto-Valença), deverá ficar concluída em setembro de 2022.

A informação foi avançada esta terça-feira durante uma visita do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, à obra que foi lançada em junho do ano passado e que era aguardada há décadas naquela região. A via, cujo traçado de 8,8 quilómetros já "foi rasgado" no terreno na sua totalidade, custará cerca de nove milhões de euros. "Paredes de Coura não esteve à espera do investimento para se desenvolver, mas o início desta obra permite-lhe atrair um conjunto de investimentos mais facilmente e o mais recente e emblemático é a fábrica de vacinas", disse aquele governante.

A mesma ideia foi sublinhada pelo Presidente da Câmara de Paredes de Coura, Vítor Pereira, que destacou a importância da ligação rodoviária em construção para atração do investimento da Zendal na fábrica da vacinas na zona empresarial de Formariz, que de futuro ficará "a 25 minutos" da sede da empresa em Porriño, Galiza.

Pedro Nuno Santos, confirmou também hoje a inauguração, na próxima segunda-feira, da eletrificação da Linha do Minho, até Valença. "É mais um passo muito importante na eletrificação de toda a nossa rede ferroviária", disse, comentando: "A ligação à Galiza é estratégica e nós queremos começar a trabalhá-la desde já, na ligação Lisboa-Porto, Porto-Vigo. A ligação a Espanha que privilegiamos é à Galiza. É a região espanhola com quem Portugal tem mais relações económicas e sociais". "A vontade da Galiza de se ligar a nós é tanta quanto a nossa de nos ligarmos a eles", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG