O Jogo ao Vivo

estradas de portugal

Lucro da Estradas de Portugal aumenta 12%

Lucro da Estradas de Portugal aumenta 12%

A Estradas de Portugal registou um lucro de 17 milhões de euros em 2014, um aumento de 12% face aos 15 milhões de euros do ano anterior.

Na conferência de apresentação dos resultados de 2014, o presidente da Estradas de Portugal (EP) salientou o crescimento dos proveitos, que ultrapassaram os 800 milhões de euros, com especial destaque para o comportamento das receitas de portagem e da Contribuição para o Serviço Rodoviário (CSR).

As receitas de portagem aumentaram 9% em 2014, para 262 milhões de euros (sem IVA), com destaque para as ex-SCUT, em que subiram 10% face ao período homólogo.

Já as receitas da CSR cresceram 4% no último ano para 531 milhões de euros.

Em contrapartida, os custos de atividade aumentaram no último ano, resultado do início do pagamento das subconcessões contratadas entre 2008 e 2009, no valor de 238 milhões de euros, a que se juntou o pagamento de 245 milhões de euros da A21, o que levou a um aumento da participação do contribuinte.

"A conjugação destes efeitos tornou inevitável a queda do ciclo de redução da contribuição líquida do contribuinte", realçou, adiantando que essa participação aumentou de 275 para 728 milhões de euros.

Em 2014, a EP registou um EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 488 milhões de euros, menos 3% do que no ano anterior.

PUB

No último ano, o Estado realizou aumentos de capital no valor de 1,5 mil milhões de euros, o que permitiu reduzir a dívida em 712 milhões de euros, para 2,5 mil milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG