Economia

Lucros da Repsol crescem 1,6% para 631 milhões de euros

Lucros da Repsol crescem 1,6% para 631 milhões de euros

Os lucros da petrolífera espanhola Repsol alcançaram os 631 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, mais 1,6% que no período homólogo de 2012, informou hoje a empresa, destacando a força de todos os seus setores de negócio.

Estes resultados, calculados com base na avaliação dos inventários a custo de reposição (CCS) sobem para 634 milhões de euros utilizando critérios contabilísticos de avaliação dos inventários a custo médio (MIFO).

Para a empresa os resultados são "especialmente significativos" porque se comparam com o primeiro trimestre de 2012, último em que a Repsol consolidou a sua participação na argentina YPF, nacionalizada.

A área de 'Upstream' (exploração e produção) consolida, segundo a companhia, a tendência dos trimestres anteriores com um resultado operativo de 655 milhões de euros, apoiado no aumento da produção.

A produção de hidrocarbonetos, por sua vez, cresceu 11,4% durante o trimestre graças ao arranque de cinco projetos do Plano Estratégico e à maior atividade em Trinidad e Tobago.

Já o resultado operativo de 'Downstream' (refinação, marketing, trading, química e GLP) aumentou 113,6% para os 173 milhões de euros.

No final de fevereiro a Repsol superou o objetivo de desinvestimentos previsto no seu Plano Estratégico 2012-2016, depois do acordo com a Shell para a venda de ativos de Gás Natural por um valor de 6.653 milhões de dólares.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG