Exclusivo

Mais de 1500 queixas por reembolsos de viagens

Mais de 1500 queixas por reembolsos de viagens

Consumidores têm de recorrer à justiça, provedor do cliente ou comissão arbitral para terem acesso a fundo de garantia que ainda só tomou decisão em relação a seis requerimentos.

A Deco Proteste recebeu mais de 1500 queixas relativas aos "vouchers" emitidos por viagens canceladas devido à pandemia: 1460 em 2021 e 65 desde o dia 1 de janeiro, sendo 114 relativas à agência X-Travel. Para acionarem o Fundo de Garantia de Viagens e Turismo (FGVT), as famílias terão antes de recorrer à justiça, a uma comissão arbitral ou ao Provedor do Cliente da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT). Só com uma decisão favorável podem receber o reembolso.

As agências têm 14 dias para pagar os requerimentos feitos a partir de 1 de janeiro por quem não usufruiu dos "vouchers" até 31 de dezembro. Só no grupo X-Travel Finalistas 2020, no Facebook, estão registadas quase seis mil pessoas que se queixam de ainda não terem recebido nem dinheiro, nem resposta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG