Segurança Social

Mais de 400 imigrantes recorreram ao NISS na Hora em dois dias

Mais de 400 imigrantes recorreram ao NISS na Hora em dois dias

Cerca de 400 cidadãos estrangeiros residentes em Portugal recorreram aos serviços da Segurança Social nos últimos dois dias para ter acesso ao NISS na Hora que permite aceder ao número da Segurança Social, anunciou esta segunda-feira a ministra do Trabalho.

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, falava no parlamento nas comissões de Orçamento e Finanças e de Trabalho e Segurança Social, no âmbito da apreciação, na generalidade, da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020).

A medida NISS na Hora arrancou no dia 2 de janeiro e "em dois dias" registaram-se "400 atendimentos relativamente a estrangeiros que procuraram os serviços da Segurança Social para regularizar a sua situação e inscreverem-se na Segurança Social", disse Ana Mendes Godinho.

A ministra adiantou que este serviço vai estar disponível "a partir de hoje" em 108 locais de atendimento em todo o país, referindo que os locais podem ser consultados no site da Segurança Social.

Os cidadãos estrangeiros residentes em Portugal, que vão iniciar uma atividade profissional podem através desta ferramenta aceder ao número de identificação da segurança social de forma imediata.

Ao longo do ano de 2019, inscreveram-se na Segurança Social cerca de 160 mil dos 480 mil estrangeiros residentes no país, segundo dados do Ministério.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG