Covid-19

930 mil trabalhadores em lay-off e 353 mil pessoas no desemprego

930 mil trabalhadores em lay-off e 353 mil pessoas no desemprego

O número de trabalhadores abrangidos pela medida de lay-off simplificado, lançada pelo Governo para responder à pandemia de Covid-19, abrange atualmente já mais de 930 mil trabalhadores. Portugal atingiu ainda as 353 mil pessoas no desemprego no final de março.

Os números foram avançados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que está esta quarta-feira a ser ouvida no parlamento, na sequência de um requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do PSD sobre as respostas sociais do Governo no âmbito da pandemia da doença Covid-19.

"Neste momento é que o lay-off simplificado já atingiu os 931 mil trabalhadores que viram os seus postos de trabalho mantidos. É conseguido, de alguma forma, que o 'lay-off' simplificado esteja a servir como almofada para manter os postos de trabalho durante esta fase que atravessamos", disse.

A governante afirmou ainda que cerca de 145 mil trabalhadores independentes já acederam ao apoio extraordinário criado também no âmbito das medidas de resposta à propagação do novo coronavírus.

"Em termos de número acumulado de pessoas desempregadas temos 353 mil pessoas, tinhamos 321 mil em março", explicou Ana Mendes Godinho, para afirmar que o modelo de lay-off está conseguir manter postos de trabalho. Em relação a fevereiro, há mais 32 mil inscritos nos centros de emprego.

"Os mecanismos que criámos têm servido como uma almofada para manter postos de trabalho e impedir que os números sejam mais altos", afirmou a ministra.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG