O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Marcelo ouve CEO de empresas milionárias. "Unicórnios" querem mais tecnologia e economia aberta

Marcelo ouve CEO de empresas milionárias. "Unicórnios" querem mais tecnologia e economia aberta

As quatro empresas nacionais que valem mais de mil milhões de euros estão a ser recebidas em Belém. Marcelo quer ouvir visões "disruptivas".

A pandemia ainda não foi totalmente vencida, mas o relançamento da economia ocupa cada vez mais as prioridades do presidente da República. E o Plano de Recuperação e Resiliência pode servir de mote para uma mudança de paradigma. Por querer ouvir personalidades com visões "mais disruptivas", Marcelo Rebelo de Sousa está a receber os CEO das quatro empresas-unicórnio portuguesas (valem mais de mil milhões de euros) e de outras duas startups de sucesso. A inovação pode ter vindo para ficar.

Em comum, os quatro "unicórnios" nacionais - Farfetch, OutSystems, Talkdesk e Feedzai - têm o facto de terem surgido "do nada", impulsionados por empreendedores pouco experientes. Agora, tornados CEO, lamentam o ambiente empresarial pouco competitivo de Portugal e elogiam o dos EUA. Também valorizam a tecnologia, o conhecimento e o mercado livre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG