Infraestruturas

Martifer "disponível" para produzir comboios em Portugal

Martifer "disponível" para produzir comboios em Portugal

O administrador da Martifer, Carlos Martins declarou esta terça-feira que aquele grupo está "disponível" para produzir comboios em Portugal.

Aproveitando a presença do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, numa visita aos estaleiros da WestSea em Viana do Castelo, Carlos Martins manifestou a disponibilidade daquele grupo de construção naval para "estabelecer uma parceria" com a tutela para a construção de material circulante para a ferrovia nacional.

"O que estamos aqui [na WestSea] a fazer é uma verdadeira parceria do Estado com um privado, que tem dado sucesso. E já que tenho aqui o senhor ministro, ia fazer-lhe um desafio", declarou Martins, referindo que "da mesma maneira que nos preparamos para vir para aqui e transformar este estaleiro para ele hoje ser uma referência", também estamos preparados" para "a ferrovia e sobretudo material circulante". "O grupo Martifer está disponível para partilhar convosco a nossa vontade, o nosso conhecimento e estar ao vosso lado para desenvolver parceira semelhante", disse.

Aos jornalistas, a propósito do desafio lançado pela Martifer, Pedro Nuno Santos, respondeu: "Temos um empresário que sente que tem capacidade para trabalhar nisso, depois temos o Estado com necessidade de comboios, mas ninguém está aqui a entregar obra a ninguém. Temos de ter todos muito cuidado, porque senão damos um salto muito rápido". E resumiu: "Primeiro Portugal precisa de comboios novos, segundo temos de lançar o concurso e esse passo ainda não foi dado, a responsabilidade está do nosso lado, e terceiro, vamos comprá-los? Que sejam produzidos, pelo menos numa grande parte, em Portugal".

PUB

Outras Notícias