O Jogo ao Vivo

Premium

Metade das famílias só acaba de pagar a casa depois da reforma

Metade das famílias só acaba de pagar a casa depois da reforma

Estudo da Gulbenkian alerta para risco futuro e dá conta das desigualdades geracionais no acesso à habitação.

Muitas famílias ainda estarão a pagar o empréstimo da casa ao banco depois dos 70 anos. Mais de metade do montante da dívida será suportado já por pessoas em idade de reforma, período em que, por norma, os rendimentos baixam. Os prazos alargados de maturidade das hipotecas em Portugal e a incapacidade crescente dos jovens de recorrer ao crédito antes dos 30 anos poderão ajudar a explicar esta situação, que corresponde a um risco de empobrecimento futuro de muitos portugueses.

A antecipação desta "vulnerabilidade" que atingirá muitas famílias é retratada no estudo "Habitação própria em Portugal numa perspetiva intergeracional", promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian no âmbito do projeto Justiça Intergeracional. Romana Xerez, um das autoras, a par de Elvira Pereira e de Francielli Dalprá Cardoso, sublinha que Portugal é um dos países europeus onde há mais tempo para amortizar o empréstimo e "mais de metade do montante em dívida será pago por pessoas com mais de 68 anos".

Outras Notícias