Economia

Metro do Porto sem ligações a Matosinhos, Póvoa, Maia, Aeroporto e Gondomar

Metro do Porto sem ligações a Matosinhos, Póvoa, Maia, Aeroporto e Gondomar

O Metro do Porto funciona em horário reduzido, das 7 às 21 horas), na quinta-feira, devido à greve geral e não terá ligações a Matosinhos, Póvoa, Maia, Aeroporto e Gondomar, revela a empresa na sua página de internet.

A empresa apenas assegura o serviço na linha Amarela, entre o Hospital de S. João, no Porto, e Santo Ovídio, em Gaia, e entre a Senhora da Hora e o Estádio do Dragão, no tronco comum às várias linhas de metro.

"A circulação do Metro do Porto será parcialmente afetada pela greve geral convocada para 22 de Março. Esta quinta-feira está garantido o serviço na Linha Amarela (D), entre o Hospital de S. João e Santo Ovídio, e entre a Estação da Senhora da Hora e a Estação do Estádio do Dragão, no tronco comum às linhas Azul (A), Vermelha (B), Verde (C), Violeta (E) e Laranja (F)", revela a Metro do Porto.

Estas ligações serão apenas feitas entre as 7 e as 21 horas.

Os outros percursos normalmente disponibilizados pelo Metro do Porto vão estar suspensos "ao longo de todo o dia".

A empresa esclarece que "não estará disponível o serviço comercial a norte da Estação da Senhora da Hora", pelo que não haverá "ligação à Estação Senhor de Matosinhos, Póvoa de Varzim, Verde, ISMAI e Aeroporto".

Também na linha Laranja, será suprimida a ligação entre as estações do Estádio do Dragão e Fânzeres, Gondomar.

PUB

A empresa acrescenta, na sua página, que "a cobertura geográfica" do serviço assegurado na quinta-feira "corresponde a cerca de 80% da procura habitual em dia útil".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG