Economia

Mexidas no IRS dão receita superior a 2 mil milhões de euros ao Estado

Mexidas no IRS dão receita superior a 2 mil milhões de euros ao Estado

O Estado deverá conseguir uma receita de 2.084 milhões de euros com as mexidas no IRS, mais de 800 milhões face ao que terá de despender para devolver um subsídio a funcionários públicos e pensionistas, diz a Comissão Europeia.

Na análise à quinta avaliação do programa de assistência económica e financeira a Portugal, os técnicos estimam que a receita proveniente da redução no número de escalões de IRS, combinada com a sobretaxa de solidariedade de 4% e a taxa adicional de 2,5% para o escalão mais elevado dê uma receita de 1,25% do Produto Interno Bruto, equivalente a 2.084 milhões de euros face ao PIB estimado para o próximo ano pelo Governo.

A devolução de um subsídio aos funcionários públicos e de 1,1 subsídios aos pensionistas por sua vez deverá obrigar o Governo a uma despesa de 1.250 milhões de euros, ou 0,75% do PIB, nos cálculos da Comissão Europeia.

No total são mais de 800 milhões de euros que o Estado acaba por ter de receita a mais face ao que terá de pagar para devolver os subsídios.

Bruxelas alerta que, com estas mudanças, o caminho escolhido pelo Governo leva a que a consolidação esteja agora significativamente dependente da receita, em particular da receita fiscal.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG