Emprego

Ministro reconhece que aumento do desemprego foi "superior ao esperado"

Ministro reconhece que aumento do desemprego foi "superior ao esperado"

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, admitiu, esta quarta-feira, que o agravamento do desemprego foi "significativamente superior" ao que estava previsto.

Numa audiência perante a comissão parlamentar para o acompanhamento das medidas do programa de assistência financeira da 'troika', Vítor Gaspar disse que a evolução da economia em 2011 (uma queda de 1,6% do PIB) representou uma "contração da atividade económica inferior ao previsto inicialmente".

O mesmo não ocorreu com o emprego, disse o ministro. "Verificou-se um agravamento do desemprego significativamente superior ao esperado", admitiu Gaspar.

Segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística, a taxa de desemprego atingiu os 14% no último trimestre de 2011 - um valor já mais elevado que o inicialmente previsto pelo Governo para este ano. No mês passado, Vítor Gaspar reviu a previsão do Governo para 14,5%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG