Dívida soberana

Ministros das Finanças do G7 reúnem de urgência este sábado

Ministros das Finanças do G7 reúnem de urgência este sábado

Conselheiros e ministros das Finanças do G7 agendaram para as 22 horas TMG deste sábado (23 horas em Lisboa) uma conferência telefónica para discutir a crise da dívida e a evolução dos mercados financeiros, segundo fontes citadas pela agência Ansa.

As fontes, do Ministério das Finanças italiano, precisaram que o ministro Giulio Tremonti estava este sábado em contacto permanente com os seus homónimos europeus.

Também o ministro das Finanças francês, François Baroin, cujo país ocupa atualmente a presidência do G7 (grupo que inclui ainda os EUA, o Canadá, o Reino Unido, a Alemanha, a Itália e o Japão), disse estar contacto permanente com os colegas.

"Estamos a observar cuidadosamente a evolução do que poderá passar-se na segunda-feira", disse Baroin à rádio francesa RTL.

Na noite de sexta-feira, a agência de notação financeira Standard & Poor's reduziu a nota dos Estados Unidos de AAA (a máxima) para AA+, uma redução inédita na história da maior economia do mundo, motivada por receios quando ao nível de endividamento do Estado federal dos EUA.

Antes ainda da redução da nota dos EUA, o primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi e o Presidente francês Nicolas Sarkozy já haviam apelado à realização de uma cimeira do G7 para discutir a crise das dívidas soberanas.

Outras Notícias