Bancos

Montepio vai fechar 31 balcões

Montepio vai fechar 31 balcões

O banco Montepio vai fechar 31 balcões, anunciou a instituição, referindo que está reforçar a aposta nos serviços digitais.

O banco disse que decidiu "ajustar o modelo de distribuição e reorganização da rede comercial" através da "fusão de 31 balcões redundantes devido à sua proximidade geográfica".

Contudo, acrescentou, continuará a "prestar os serviços bancários de proximidade às populações".

O banco não indica as agências em causa nem se haverá trabalhadores afetados.

O Montepio teve lucros de 5,4 milhões de euros no primeiro trimestre (17% abaixo de período homólogo), tendo no final de março 3969 trabalhadores e 328 balcões em Portugal.

Ainda no comunicado divulgado, esta terça-feira, a instituição afirma que está a "acelerar a transição digital", tanto internamente como na relação com os clientes, assim como a ajustar o modelo de negócio, com a "aposta em produtos com maior valor acrescentado para o cliente".

O objetivo é ainda aumentar a eficiência, o que será feito através "da revisão dos processos e dos normativos internos", lê-se na nota.

PUB

O Montepio indicou ainda as medidas que tem tomado relacionadas com a transição digital, como a abertura de contas através de meios online, a possibilidade de clientes atualizarem dados pessoais através apenas de canais online, a contratação de crédito pessoal até 5500 euros por meios online e novas plataformas tecnológicas em processos internos do banco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG