privatização

Negociações com candidatos à privatização da TAP até 5 de junho

Negociações com candidatos à privatização da TAP até 5 de junho

As propostas vinculativas e melhoradas dos dois candidatos que ainda estão na corrida à privatização da TAP, German Efromovich e David Neeleman, terão de ser apresentadas até às 17.00 horas do dia 5 de junho, segundo um despacho governamental.

O despacho da ministra das Finanças, publicado esta quinta-feira no "Diário da República", refere que a fase de negociações com os candidatos escolhidos pelo Governo para apresentarem "propostas vinculativas melhoradas e finais de aquisição" das ações da TAP teve início na quarta-feira, 27 de maio, e termina a 5 de junho.

O ministro da Economia António Pires de Lima já tinha dito que esperava tomar uma decisão sobre a compra da TAP em junho, pedindo aos dois candidatos que passaram à fase de negociações para "darem corda aos sapatos e melhorarem as suas propostas".

O Governo decidiu, na semana passada, em Conselho de Ministros continuar a negociar a compra da transportadora aérea com Gérman Efromovich e David Neeleman, afastando o consórcio de Miguel Pais do Amaral.

A proposta de Gérman Efromovich, dono da operadora aérea Avianca e do grupo Synergy, inclui a entrega de 12 novos aviões Airbus após a transferência das ações da companhia e a renovação da frota da Portugália com aviões Embraer até 2016, sendo que o empresário propõe recapitalizar a empresa em 250 milhões de euros, segundo informações avançadas pela imprensa.

David Neeleman, patrão da companhia aérea brasileira Azul e que está em parceria com Humberto Pedrosa, do grupo Barraqueiro, promete reforçar a TAP com 53 novos aviões e investir 350 milhões de euros.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG