Continente

No Dia Mundial da Alimentação, a estrela do prato é a saúde

No Dia Mundial da Alimentação, a estrela do prato é a saúde

No Dia Mundial da Alimentação, que se assinala esta sexta-feira, dia 16 de outubro, o mais importante é a alimentação saudável.

De acordo com dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde em 2018, 10% da população portuguesa sofre de diabetes, 36% dos adultos sofre de hipertensão e 57% de obesidade, juntando-se ainda, a estes valores, os das crianças: 30% têm excesso de peso e 12% são obesas.

A chave do problema "começa na disponibilização de alimentos mais equilibrados, a preços acessíveis", considera a cadeia de hipermercados Continente, que diz apostar numa gama de produtos com "menos açúcar, sal e gorduras, mais proteínas, fibras, frutas e vegetais e opções integrais e naturalmente mais saudáveis".

Recorde-se que uma tese de doutoramento realizada o ano passado no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa apontava que o​​​​​s portugueses querem saber mais sobre alimentação saudável, mas não existem campanhas de informação sobre nutrição.

Ana Teresa Tavares, autora da tese de doutoramento "Campanhas de comunicação pública em nutrição" concluiu, com base num inquérito a 1166 pessoas, que, apesar de os portugueses se mostrarem interessados pelo tema da alimentação saudável, continuavam a não estar devidamente informados.

A falta de informação oficial leva a que as pessoas a procurem na internet, em sites que podem não ser precisos. "A desinformação existente, principalmente aquela que circula nas redes sociais, promove grandes equívocos nas recomendações nutricionais apresentadas", acrescentou a autora da tese.

Outras Notícias