Trabalho

Norte com mais 35 mil inscritos nos centros de emprego face a fevereiro do ano passado

Norte com mais 35 mil inscritos nos centros de emprego face a fevereiro do ano passado

A região Norte contabilizou em fevereiro 159 942 desempregados inscritos nos centros de emprego, mais 35 605 pessoas quando comparado com fevereiro de 2020, mês anterior à pandemia da covid-19, segundo as estatísticas do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

De acordo com as estatísticas mensais por concelho do IEFP, consultadas esta segunda-feira pela Lusa, a região Norte contabilizou em fevereiro um total de 159 942 pessoas inscritas no desemprego, 57% das quais mulheres.

Do total de inscritos, mais de metade -- o que corresponde a 89 006 pessoas -- estão alistadas há menos de um ano no IEFP.

Comparativamente a fevereiro de 2020, o mês anterior ao início da pandemia de covid-19 e quando a região contabilizava 124 337 pessoas inscritas, há mais 35 605 desempregados.

Das 159 942 pessoas inscritas em fevereiro, a maioria - 146 506 pessoas - está à procura de novo emprego e 13 436 do primeiro emprego.

Em comparação com janeiro, há mais 2274 pessoas inscritas nos centros de emprego da região Norte.

Segundo as estatísticas do IEFP, os concelhos de Vila Nova de Gaia e do Porto foram os que contabilizaram o maior número de desempregados da região, com 19 026 e 13 424 inscritos, respetivamente.

PUB

A estes dois concelhos, sucedem Matosinhos com 8552 inscritos, Gondomar com 8538, Braga com 7797, Guimarães com 6757, Santa Maria da Feira com 5655, Maia com 5618, Vila Nova de Famalicão com 4870 e Valongo com 4546.

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 36,8% em fevereiro em termos homólogos e 1,8% face a janeiro, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

De acordo com o IEFP, no final de fevereiro, estavam registados nos serviços de emprego do continente e regiões autónomas 431 843 desempregados.

Este número representa 71,2% de um total de 606 540 pedidos de emprego.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG