Banca

Novo Banco vai pedir 1037 milhões de euros ao Fundo de Resolução

Novo Banco vai pedir 1037 milhões de euros ao Fundo de Resolução

O vice-governador do Banco de Portugal confirmou, no Parlamento, que o Novo Banco vai precisar de mais de mil milhões de euros do Fundo de Resolução.

O Novo Banco vai pedir 1037 milhões de euros ao Fundo de Resolução por causa dos prejuízos de 2019. Ainda que só na sexta-feira sejam conhecidos os resultados, o presidente do Fundo de Resolução e vice-presidente do Banco de Portugal, Luís Máximo dos Santos, anunciou o valor da convocatória aos deputados esta quarta-feira, avança o "Expresso".

"A chamada será de 1037 milhões de euros. É o valor que está previsto. É um valor elevado, evidentemente, abaixo do ano passado, já de si foi muito alto", declarou Máximo dos Santos, na comissão de Orçamento e Finanças, numa audição convocada pelo Bloco de Esquerda. Recorde-se que, em 2019, o Novo Banco precisou de 1149 milhões de euros devido às contas do ano anterior.

O Fundo de Resolução pode pedir um financiamento de 850 milhões de euros ao Estado (limite máximo), sendo que o restante valor será coberto pelas receitas próprias, que se situam nos 250 milhões por ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG