Parlamento

Orçamento castiga com aumento de impostos

Orçamento castiga com aumento de impostos

Mário Centeno aposta em agravamento da tributação sobre vários impostos, cria outros e insiste nas cativações. Marcelo avisa Governo para não abrir crise política.

O Governo entregou esta segunda-feira a estratégia com que pretende atingir o feito invulgar de um superavit nas contas nacionais em 2020. No plano de Mário Centeno, que o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, recebeu em mãos pelas 23.20 horas, a equação faz-se de uma maior tributação sobre diversos impostos indiretos, tímidos investimentos públicos e apoios a determinados setores produtivos.

Afastada está a continuidade da devolução de rendimentos, até porque o PS desprendeu-se das amarras dos acordos à Esquerda de 2015, que a isso obrigavam, mas que garantiram uma estabilidade na solução governativa. Contudo, Marcelo avisou António Costa, ontem, que não espera menor serenidade do que a vivida entre 2016 e 2019.

Ler mais na edição impressa ou versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG