Exclusivo

Pandemia provocou hecatombe na receita da taxa turística

Pandemia provocou hecatombe na receita da taxa turística

Porto teve no ano passado uma quebra de dez milhões de euros e Lisboa apenas conseguiu angariar um terço dos 36 milhões obtidos no ano anterior.

A pandemia provocou uma autêntica hecatombe na cobrança da taxa turística em diversas autarquias. A falta de visitantes emagreceu as receitas municipais em milhões de euros. No Porto, foram menos dez milhões, em Gaia, a receita ficou pela metade da conseguida em 2019 e em Lisboa apenas um terço dos 36 milhões de euros arrecadados há dois anos foram cobrados.

A taxa turística é aplicada em dez municípios portugueses: Lisboa, Porto, Gaia, Sintra, Cascais, Mafra, Óbidos, Portimão, Vila Real de Santo António e Santa Cruz, na Madeira, e todas as autarquias contactadas pelo JN não esconderam o desalento com o mau ano turístico.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG