Exclusivo

Pandemia rouba mais de 80% dos passageiros ao Celta

Pandemia rouba mais de 80% dos passageiros ao Celta

Ligação ferroviária Porto-Vigo esteve suspensa oito meses e, para já, é o único serviço internacional que retomou atividade.

O comboio internacional Celta, entre o Porto e Vigo (Galiza/Espanha) seguia em crescendo, a toda a velocidade, quando esbarrou no encerramento das fronteiras em 2020 por causa da covid-19 e "descarrilou". Em apenas um ano, o serviço perdeu "mais de 80 %da procura".

Segundo informação disponibilizada ao JN por fonte oficial da CP, o Celta esteve suspenso em dois períodos, totalizando oito meses de paragem entre 2020 e 2021. E quando retomou a marcha, foi "a meio-gás", com apenas uma viagem de ida e volta. A utilização caiu de 83 783 passageiros em 2019 para 14 718 no ano passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG