Exclusivo

Pandemia trava reformas e complemento solidário para idosos

Pandemia trava reformas e complemento solidário para idosos

Pandemia poderá ajudar a explicar estagnação do número de aposentados e diminuição dos beneficiários do apoio à pobreza na terceira idade.

As reformas por velhice e o complemento solidário para idosos (CSI) estão a recuar há meses. No caso dos pagamentos a quem se aposenta por idade, a tendência histórica de crescimento interrompeu-se, desde julho; no subsídio dado aos idosos muito pobres, há quase menos quatro mil beneficiários (3778) e a descida acentuou-se a partir do verão. Uma possível explicação é a covid-19, pelo impacto na mortalidade dos mais velhos e pelas dificuldades que levanta a quem pede prestações e a quem as processa.

Em outubro de 2019, havia 165.699 pessoas a receber o CSI, número que tem vindo a cair e que baixou para 161.921 no mês passado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG